domingo, 31 de janeiro de 2010

Como reconhecer um legítimo boteco



Uma importante pesquisa sobre botecos,traz informações reveladoras. Considero até que esse trabalho é de utilidade pública. Porque muita gente abre um estabelecimento e chama de boteco, mas já vi até o cara colocar sabonete líquido no banheiro e se vangloriar que tem um boteco. É o fim do mundo… Boteco que é boteco tem pia encardida com a torneira quebrada e imunda, não tem sabonete algum e muito menos toalha para enxugar a mão…


Confiram as outras características:

1 - Cerveja a menos de R$2,00.

2 - Marcas de cigarros alternativas. Nesses lugares vende-se os cigarros Ritz, Campeão, Fúria Mentol, Oscar e Amigo.

3 - Bebum de fé. Todo o boteco que se preza tem um bebum da casa, que aparece todo santo dia para bater o ponto.

4 - Potes de conserva atrás do balcão. Quase sempre é de salsicha, ovo de codorna no vinagre ou aquela cebola com sardinha.

5 - Nome com apóstrofe e s no final, como Sensation's, Bambu's e Chico's.
Ou então o nome do dono, como Bar do Zé, Bar do Alemão, Bar da Cida, Bar do Chico, Bar do Pelé.

6 - Garrafa velha de refrigerante. Quando se pede Coca, vem Pepsi, naquelas garrafas com logotipo branco. E tem Mirinda e Vanucci de maçã e de tubaína.

7 - Rádio Continental como música ambiente. No fim das contas, faz mais barulho do que propriamente som.

8 - Catchup em diversas tonalidades de vermelho. Um festival para o paladar.

9 - Quadrinho na parede: "Não aceito fiado".
Ou entao: "Fiado só para maiores de 90 anos acompanhado dos pais".

10 - "O Pior Banheiro do Mundo". Se tiver tampa na privada, e o papel higiênico não for cor de rosa, não está no espírito.

11 - Cardápio escrito à giz e com erros ortográficos, como X-Corassão, Concrete e Wisk.

12 - Cozinheira gorda, com bigode e chinelo de dedos, e garçom com camisa pra fora das calças e caneta bic atrás da orelha.

13 - Balas de troco duras, ruins e guardadas dentro de um pote plástico nebuloso.

14 - Toalhas de plástico grudadas com percevejo, em mesas de madeira com aqueles furos de cupim.

15 - Um cachorro bem sarnento zanzando na porta. Ele nunca entra, senão leva pau!

5 comentários:

Naya Rangel disse...

UHAuhAHU Descrição perfeita! Adorei o blog! Vou bater ponto aqui ^^

Abraços!

Pobre esponja disse...

Coloquei seu banner. Falow!

abç
Pobre Esponja

Zezis disse...

Vo t conta viu.. q blog... se liga aew: http://img21.imageshack.us/img21/7893/imagemvt.png FODA

Jo Meskita disse...

Rsrsrs...Borarir, MUITO com certeza!!!

Afinal neste País eh o q mais precisamos...rsrs

Comentado!!!

Deiwys disse...

humilho esse post, ri muito.. aSaSHUashuahuasUH