sábado, 21 de junho de 2008

O Futuro de Sibis

Bom, vocês poderão achar estranho essa postagem narrativa no Bora Rir, mas é que estou fazendo parte do Projeto Curta Aí, quem não conhece está perdendo muita coisa. Consiste em criar uma historia (parte dela) atraves dos fatos contados por outros blogueiros, é um desafio, pois você tem a missão de pegar a idéia de outro blogueiro, e o que ele queria passar com sua parte e montar a sua. Espero ter feito minha parte.

Parte 1 - Carlos Vin
Parte 2 - Tatiana
Parte 3 - Arthurius Maximus
Parte 4 - Dragus
Parte 5 - Raphael
Parte 6 - Rob Gordon

Parte 7
-----
Ao desligar o telefone, com a frase de Nara em sua cabeça, Sibis sai desse pensamento ao ser convidado a esposa, que ignorou o aspecto de assustado de seu marido, o chamando para o jantar. Ele recusa, alegando não está com fome, e ela diz que é muito importante esse jantar nessa data, e a mente perturbada de Sibis se distrai com a pergunta: O que tem de tão especial hoje?
Ele fica se indagando e pensando em uma suposta desculpa para o fato esquecido por ele, eis que chegam a sala e se deparam com uma bem produzida mesa para um jantar a luz de velas, ele fica mais intrigado com a ocasião.
O jantar é servido, e ele não compreende o sorriso no canto da boca de sua esposa, e ele comenta:
- Querida, me desculpe mais hoje meu primeiro dia de residente foi muito cansativo, eu esqueci algo de importante? Hoje é nosso aniversário de casamento?
- Não querido, hoje é um dia especial porque tenho algo importante para te falar, estou grávida! - disse Paula com um sorriso de criança.
No mesmo instante veio a cabeça de Sibis o primeiro pesadelo que tivera mais cedo, o que fez suar frio e mudar sua afeição no mesmo instante.
- Está se sentindo bem querido? Me perdoe por ter falado deste modo, é que não consegui me conter – diz Paula indo em direção de seu esposo.
- Que ótimo querida, eu estou feliz, mas é que estes problemas de hoje não me saem da cabeça.
Paula, mesmo com receio, avisa-o que tem mais uma notícia importante.
- Pode dizer querida – fala Sibis com ar de assustado.
- Ligaram do Hospital, no qual você prestou concurso, e disseram que você foi selecionado para preencher uma das vagas excedentes.
Essa ultima notícia não mexeu com os pensamentos de Sibis, que estava relacionando o fato de conhecer Nara no mesmo dia em que sua vida mudou completamente, no momento a pergunta que não sai da cabeça de Sibis era, “será que estou ficando louco?”.
Ele se despede de sua esposa e vai para seu quarto, com o pensamento no hospital, entra em seu quarto, deita na cama e sem hesitação pega no sono, e dorme como se não tivesse feito há dias.
Uma luz forte o segue no seu sonho, no qual está em um corredor caminhando em direção a uma porta, que se destaca das outras, seguindo em direção à ela, percebe pelas janelas das outras portas que se encontra em um hospital, diferente do que trabalhará, ao chegar a poucos centímetros da maçaneta, as luzes do longo e cansativo corredor se apagam, deixando apenas a que se encontra iluminando a porta, Sibis gira a maçaneta e abre a porta lentamente, uma sala de cirurgia é formada enquanto ele empurra a pesada porta, Bittencout está na sala, mas como paciente, Sibis não entende nada, e quando vai perguntar alguma coisa uma energia o puxa pelo corredor, e onde ele passa as luzes acendem, e as vozes agora lhes dizem “Você também tem o poder”, “Desista”. Ao chegar o final do corredor Sibis tem seu sonho interrompido pela sua esposa, que lhe diz com o telefone na mão e um semblante triste.
- É do hospital.

Enquanto isso no hospital, sangue pelos corredores.

-----
Quem quiser participar visite o blog do projeto. Obrigado pela oportunidade.

3 comentários:

Breno disse...

Bom texto! haha brincadeira!
Curti pra caramba a idéia e quero participar ( se conseguir), qual é o blog do projeto? Adoro curta! Esse sonho daria um trabalhao pra ser montado!

Breno disse...

ja encontrei o endereço!

Pâmela disse...

tem uma outra parte sete no blog oficial.
:T